Hispanic professional society & diversity job fairs at NSHP.org

Information

Hair - The Movie

Hair The Movie The best of the best

Jobs: http://brasilpoesias.ning.com/group/Hair
Location: Earth
Members: 2
Latest Activity: Aug 14, 2011


Prólogo: Sei que logo aqui no começo, parece um emaranhado de letras...

Sei também que repito muito, aqui no começo, uma frase em inglês: I Believe in God.

Sabe o que é, meu querido leitor, é que a frase tem muito e tudo a ver com o final do filme Hair - The Movie. Muito mesmo. É a frase que Claude (um dos protagonistas) repete exaustiva e desesperadamente, enquanto é embarcado qual uma manada de gado, num avião cargueiro, aquela 'manada' de homens embarcando de encontro à morte.

Veja no vídeo desta crônica em que passa o último ato da Ópera-Rock Hair The Movie, assim que começa o rock Manchester in England (o penúltimo vídeo desta publicação).

Garanto a você, prezado leitor, que ficará repetindo, ecoando em seus pensamentos a frase final de Claude: I believe in God! (...) I believe that's God believes in Claude... That's me, that's me... That's me!

Bom...Mas deixemos de conversa, que estamos aqui a divagar... Pule essa parte inicial... E adentre logo na Crônica e sinópse que se inicia logo mais (um palmo) abaixo.

Ah! Leia mesmo a sinópse.

Você não precisa saber inglês para comprender as letras de rock do filme.

O filme fica auto-explicativo, após a leitura da sinópse.

Boa leitura.

Lustato Tenterrara


Brasil Poesias Rede de Música, Prosa, Verso, Poemas e Relacionamentos - NetWork

๑۩۩๑۩๑♪♪Lustato♪ ♪Tenterrara♪♪๑۩

Hair The Movie, by Lustato Tenterrara: Good Morning 'Sasha' in Starshine! (I now, the correct letter says: Good Morning Starshine) Hair The Movie: "I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me, that's me, that's me": Uma Crônica, à guisa de Sinopse, by Lustato Tenterrara








Good Morning 'Sasha' in Starshine! (I now, the correct letter says: Good Morning Starshine)
"Hair The Movie": "I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me, that's me, that's me!"

Hair - The Movie
"I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me, that's me, that's me!"
Sinopse by Lustato Tenterrara

Uma Crônica, à guisa de Sinopse




Image: Hair - The Movie!


(Lustato Tenterrara)

Hair - The Movie
"I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me, that's me, that's me!"
Sinopse by Lustato Tenterrara

Uma Crônica, à guisa de Sinopse

Um grande homem, que ora me falha o seu nome - na memória - já disse que acreditar na existência do universo e da vida sem a existência de Deus, é o mesmo que acreditar que um dicionário é obra de uma mera explosão em uma tipografia.

Outro - que também me falha o nome na memória, mas me lembro que era, é, ou foi, um cientista - disse certa feita: "Quanto mais olho para o céu, para o movimento dos astros, estrelas, planetas, constelações, mais acredito na existência de um Criador!".

Bom Dia, Sasha!
Nunca duvide da divina condição de nossas existências. Somos todos Deuses... Apenas não nos apercebemos disso.

Lustato Tenterrara says:
See the Opera-Rock "Hair - The Movie": One of the two best films in the whole history!


Hair - The Movie
"I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me, that's me, that's me!"
Sinopse by Lustato Tenterrara

Uma Crônica, à guisa de Sinopse


O jovem que neste momento lê estas linhas não pode imaginar... Não pode sequer conceber os horrores de uma guerra... Hair - The Movie é uma Ópera-Rock. Considero-o o melhor de todos os filmes já produzidos em toda a história de nossa civilização.

Um manifesto à paz. Jovens que se encontram, se conhecem e se amam durante o burburinho social-fumegante de manifestações pela paz, e suas convocações para o serviço militar, ao tempo da Guerra do Vietnã e do boom do movimento hippie.

Claude é uma espécie de irreverente pacifista de cabelos longos, e líder de sua trupe de amigos hippies. O filme é uma excelente ópera-rock, que se inicia no exato momento seguinte em que queimam, numa fogueira armada em um parque, suas convocações para o serviço militar.

A primeira música da ópera-rock, Aquarius, dá uma mostra do que devemos esperar do desenrolar de toda a trama: "Quando a lua entrar na Sétima Casa, e Júpiter se alinhar com Marte... Então, a paz vai guiar os planetas, E o amor irá orientar as estrelas..."

"When the moon is in the Seventh House
and Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars
"


Enquanto se divertem no parque, conhecem George, um jovem do interior, "alienado" dos movimentos pacifistas, e que está chegando à cidade para cumprir o serviço militar. Sequer passa na cabeça daquele jovem patriota a hipótese de não servir à sua pátria, chocando-se, desta feita, com os costumes, ideologias e irreverências dos pacifistas hippies e suas manifestações contra a ordem social instaurada.



Hair - The Movie
Vídeo: "Aquarius"

Áudio em Inglês, Legenda em Alemão

Aquarius
in Hair - The Movie


"When the moon is in the Seventh House
and Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars

This is the dawning of the age of Aquarius
The age of Aquarius
Aquarius! Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
No more falsehoods or derisions
Golden living dreams of visions
Mystic crystal revelation
And the mind's true liberation
Aquarius! Aquarius!

When the moon is in the Seventh House
and Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars

This is the dawning of the age of Aquarius
The age of Aquarius
Aquarius! Aquarius!

As our hearts go beating through the night
We dance unto the dawn of day
To be the bearers of the water
Our light will lead the way

We are the spirit of the age of Aquarius
The age of Aquarius
Aquarius! Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
Angelic illumination
Rising fiery constellation
Travelling our starry courses
Guided by the cosmic forces
Oh, care for us; Aquarius!
"


Claude e sua turma ao descobrirem que aquele seria o último dia de liberdade daquele jovem interiorano, antes dele incorporar-se às forças armadas, decidem congregá-lo, como se fora (fôra) uma espécie de "ultimo desejo dos condenados à morte".

Assim, cuidam de integrar George em seus costumes e orgias de amor, sexo, drogas e liberdades, aproveitando-se de terem percebido o olhar apaixonado que o jovem lança em direção a uma linda garota da alta sociedade que conhecem, todos, naquele exato momento, quando ela desfila, por entre eles, em uma surreal e sexy equitação rupestre.

Enquanto armam artimanhas para unir o jovem casal, Claude e sua turma levam os expectadores a contestar os dogmas sociais vigentes, ora pensando não apenas nas lutas sociais, mas também na felicidade individual de todos os seres.

Irreverências à parte e em meio a confusões, prisões e exposição de seus próprios traumas individuais - de cada um dos integrantes da tribo pacifista - em episódios pinçados, isolados, mas que se unem, todos, em musicais de elevado porte, os quais, inobstantes a diversidade de temas, produzem um conjunto final unitário de rara beleza poética, o que alça "Hair - The Movie" à categoria de melhor musical já produzido na história da arte e de nossa civilização, envolvendo os espectadores numa ópera-rock, com brilhantes coreografias musicais que ocorrem em cada um dos episódios da trama que vivem todas as personagens.

Assim, induzem os expectadores a pensar sobre as relações sociais, a paz, o pacifismo, o amor, a amizade, o indivíduo, a diversidade de grupos sociais, a liberdade, carpe diem, o racismo, o militarismo, as guerras, a subserviência, a insurreição... A morte!

O certo é que, inobstante as liberdades vivenciadas com a trupe pacifista, o jovem interiorano George permanece inabalado em sua convicção de servir à pátria e, separando-se da trupe, incorpora-se ao exército dos Estados Unidos da América do Norte, iniciando o seu treinamento militar, também retratado musicalmente de forma ímpar.

Após certo lapso temporal, vê-se a namorada do jovem soldado, em companhia da intéprida e pacifista trupe - liderada por Claude - em um automóvel conversível, dirigindo-se à base militar, com o fim de proporcionar ao amigo interiorano, alguns momentos de prazer antes de o mesmo embarcar em missão de guerra em território vietnamita.

Enquanto dirigem em um descampado que lembra a vastidão de um território texano, embalam os expectadores em um momento de amor e amizade, com a peculiar música "Good Morning Starshine", onde "a Terra diz 'hello'" e a animada trupe repete refrões de lá-lá-ra-li-lá:

"... Gliddy glub gloopy; Nibby nabby noopy
La la la lo lo...

Sabba sibby sabba; Nooby abba nabba
Le le lo lo...

Tooby ooby walla; Nooby abba nabba
Early morning singin' song...
"


Hair - The Movie
Vídeo: "Good Morning Starshine"

Áudio em Inglês, sem legendas

Good Morning Starshine
in Hair - The Movie

"Good Morning Starshine
The earth says "hello"
You twinkle above us
We twinkle below.

Good Morning Starshine
You lead us along
My love and me as we sing
Our early morning singin' song

Gliddy glub gloopy; Nibby nabby noopy
La la la lo lo...
Sabba sibby sabba; Nooby abba nabba
Le le lo lo...
Tooby ooby walla; Nooby abba nabba
Early morning singin' song.

Good Morning Starshine
The earth says "hello"
You twinkle above us
We twinkle below.

Good Morning Starshine
You lead us along
My love and me as we sing
Our early morning singin' song

Singin' a song, humming a song
Singing a song...
Loving a song, laughing a song
Singing a song...
Sing the song; Song the sing
Song song song sing
Sing sing sing sing song
Song song song sing
Sing sing sing sing song

Good Morning Starshine
The universe rings
With Milky Way music
Our blue planet sings.

Good Morning Starshine
And someday so strong
They'll hear the song we sang
Our early morning singin' song!
"




Novas peripécias ocorrem, enquanto a trupe arma um plano para tirar seu jovem amigo George, da base militar com o fim de propiciar - ao engajado soldado - um último momento de amor com sua jovem namorada.

Assim, Claude, que tanto valor dava aos seus longos cabelos hippies - envolvendo-se em grandes confusões e considerações filosóficas a fundamentar o seu direito de ter os cabelos do tamanho que desejasse - vê-se na frente de uma tesoura, enquanto seus cabelos são cortados rentes, ao estilo soldado, com o fim de que Claude possa 'substituir' George - por uma a duas horas - ocupando o seu lugar na base militar, logrando êxito nessa empreitada.

Vê-se, aqui, na expressão de Claude, a demonstração de seu enorme amor fraternal, ao cortar os cabelos (hair, em inglês, e que dá título ao filme) e, pacifista que era, adentrar em uma base militar com o fim de substituir o amigo por algum par de horas.

No entanto, enquando o jovem soldado George permanece fora da base militar em deleites de amor com a sua linda namorada, o comando militar adentra ao alojamento dos soldados - onde encontra-se Claude - e profere ordens de embarque imediato para o front de batalha em território estrangeiro, embarcando o 'desorientado' Claude, juntamente com o batalhão inteiro da base militar em enormes aviões cargueiros militares, onde adentram todos como se fossem uma mera carga.

Assim, quando o jovem soldado George retorna à base militar para reassumir seu lugar na tropa, seu rosto começa a expressar nuances de desespero, ao ir percebendo, paulatinamente, a ausência de soldados no campus militar. Expressão que toma seu auge ao adentrar em seu alojamento e constatar o imenso vazio e abandono do mesmo.

Enquanto George sai, em desabalada carreira, rumo ao aeroporto da base militar, a sua expressão de desespero vai transformando-se em desânimo e constatação do inevitável: Claude embarcara, rumo ao front, em seu lugar.

No mesmo momento em que o jovem soldado inicia a desabalada carreira descrita acima, Claude e os soldados são embarcados no avião cargueiro militar. O desespero e desorientação que se percebe na face do pacifista Claude, enquanto se desenvolve o último ato da ópera-rock, ao som do belíssimo rock "Let The Sunshine In" - é um dos momentos mais belos e grandes do filme "Hair - The Movie".

Um ato que transcende o filme de poesia absoluta, pura, indelével e que permanece na mente do espectador, por todas as décadas posteriores de sua vida: Os soldados adentrando, feito gado embarcado, enquanto cantam, todos, em tom grave e especial, a música "Let The Sunshine In", belíssima - não canso de repetir - e seu refrão "I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... " acompanhados de um desesperado Claude. A cena indelével na mente de quem assistiu Hair - The Movie, é a tropa toda, qual uma "manada", desaparecerem no escuro compartimento de carga do avião, e o último suspiro de Claude... Seu último cântigo: "I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me... That's me... That's me...!"

Tem mais uma cena, no final... Toda a trupe reunida, liderada agora por George, em trajes hippies, cabelo comprido, reunidos num cemitério-parque, junto ao túmulo de Claude (com a lápide escrita "George"). Trocaram seus destinos, George e Claude... Literalmente!.


Hair - The Movie
Vídeo: Let The Sunshine In
Áudio em inglês, sem legendas


Hair - The Movie
Vídeo: Let The Sunshine In
Áudio: Inglês, sem legendas

"We starve-look
At one another
Short of breath
Walking proudly in our winter coats
Wearing smells from laboratories
Facing a dying nation
Of moving paper fantasy
Listening for the new told lies
With supreme visions of lonely tunes

Somewhere
Inside something there is a rush of
Greatness
Who knows what stands in front of
Our lives
I fashion my future on films in space
Silence
Tells me secretly
Everything
Everything

Manchester England England
Manchester England England
Eyes look your last
Across the Atlantic Sea
Arms take your last
embrace
And I'm a genius genius
And lips oh you the
doors of breath
I believe in God
Seal with a righteous kiss
And I believe that God believes in Claude
Seal with a righteous kiss
That's me, that's me, that's me
The rest is silence
The rest is silence
The rest is silence

[Singing]
Our space songs on a spider web sitar
Life is around you and in you
Answer for Timothy Leary, dearie

Let the sunshine
Let the sunshine in
The sunshine in
Let the sunshine
Let the sunshine in
The sunshine in
Let the sunshine
Let the sunshine in
The sun shine in...
"




É, meu amigo leitor... Naqueles tempos quando o filme foi lançado nos cinemas do Brasil, aqui imperava ainda o regime militar instituído pela "Redentora"(?). Estava nos seus extertores finais,mas ainda imperava. Você dificilmente saberá o que é viver num regime militar... Os horrores, o militarismo arrogante, adentrando nas residências, num regime de exceção, onde estudantes eram torturados no pau-de-arara por mera ideologia política divergente. Ou eram presos, em Recife, estudantes ou turistas, apenas por tirar uma foto em alguma praça... Se naquela praça houvesse um quartel!

É... Então você também não deverá saber que o filme Hair - The Movie foi lançado no Brasil com cortes e censurado... E que eu, ainda menor de idade, fui barrado na entrada do cinema, em Recife, por não ter idade suficiente para assistir o que hoje todo mundo vê na internet. Aliás, se a internet existisse naquele tempo, seria bloqueado o acesso no Brasil. Bons tempos aqueles... E que não retornem, jamais. Amém: "I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me, that's me, that's me!"


Good Morning 'Sasha' in Starshine! (I now, the correct letter says: Good Morning Starshine)
Hair - The Movie
"I Believe in God... And I believe that God believes in Claude... That's me, that's me, that's me!"
Sinopse by Lustato Tenterrara

Uma Crônica, à guisa de Sinopse




Hair - The Movie
Vídeo: Trailer do filme


Áudio em inglês, sem tradução.








Discussion Forum

This group does not have any discussions yet.

Blogs de Todos os Membros da Rede Brasil Poesias Prosa Verso Poemas e Relacionamentos - NET

Loading… Loading feed

Comment Wall

Comment

You need to be a member of Hair - The Movie to add comments!

 

Members (1)

 
 
 

About NSHP

With 20,000+ members, the National Society for Hispanic Professionals is the top US networking association for Hispanic professionals. It's free to join and this is a great place for you to connect with new people who share your interests, BUT it's not for selling or promoting your business. Join us today and ask here if in doubt about our policy.

Bilingual jobs

Members

With 19,000+ members, the top US networking association for Hispanic professionals and free to join.

Badge

Loading…

© 2019   Created by NSHP admin.   Powered by

Badges  |  Report an Issue  |  Terms of Service